Realizado em Constantina o 1° Fórum Regional de Agroecologia

Nos dias 25 e 26 de abril de 2017, foi realizado, no Centro Cultural de Constantina, o 1° Fórum Regional de Agroecologia e Sistemas Agrícolas Sustentáveis.

O evento que foi organizado pelo Instituto Consciência Planetária, com o apoio da Prefeitura Municipal de Constantina e do CESURG, contou com um público de mais de 300 pessoas, entre agricultores, estudantes, professores, extensionistas rurais, agentes de saúde e comunidade em geral, de vários municípios da região.

Tendo como tema: “Um mundo sustentável é possível” , o fórum teve como objetivo debater com a comunidade, poder público, entidades representativas, cooperativas e EMATER sobre a necessidade da construção de um modelo de produção que seja socialmente justo, economicamente viável e ambientalmente correto, além da urgência em se pensar uma agricultura que garanta que todos tenham acesso a uma alimentação saudável.

Durante a programação do 1° Fórum Regional de Agroecologia e Sistemas Agrícolas Sustentáveis foram realizadas palestras e mesas de debates com diversos profissionais da área agrícola, profissionais da saúde, professores universitários, lideranças comunitárias  e também com agricultores orgânicos, que debateram sobre o atual modelo de produção predominante, que é por si só insustentável, e principalmente apresentaram diversas experiências alternativas, demonstrando que é possível produzir uma alimentação saudável, que respeite o meio ambiente e que seja econômicamente viável.

No final do encontro, foi aprovada uma carta onde o Poder Público, a EMATER, as entidades representativas e cooperativas presentes assumiram o compromisso de atuar de forma conjunta e articulada, visando construir ações e Políticas Públicas  de incentivo e fortalecimento para a agroecologia e a agricultura familiar.

O Instituto Consciência Planetária e a Prefeitura Municipal de Constantina agradecem e parabenizam a todos e todas que estiveram envolvidos neste importante debate. Um mundo sustentável só será possível com a participação popular e com o enganjamento de toda a comunidade nesta importante luta.

essa 2essa 5essa 6

Compartilhe