Representantes da comunidade participam do Planejamento Estratégico de Constantina

Na terça-feira, 15, a equipe da Administração Municipal , vereadores, delegados do Orçamento Participativo e  representantes de entidades, estiveram reunidos no Centro Cultural José Rugeri para iniciar a construção do Planejamento Estratégico do Município de Constantina.

O  Planejamento Estratégico tem por objetivo pensar o desenvolvimento do município para os próximos dez anos (2018 a 2028), apontando a visão de futuro, os objetivos e metas e traçando um plano de ação para as diferentes áreas. No encontro de terça-feira, que contou com a colaboração da equipe do Badesul, os representantes da comunidade apontaram sugestões nos seguintes eixos: Gestão Pública e Infraestrutura, Saúde, Educação e Desenvolvimento Econômico Sustentável.

As idéias que foram apresentadas durante o encontro servirão de base para a construção de um documento, que vai nortear o desenvolvimento de Constantina em curto, médio e longo prazo. Nos próximos meses, a equipe do Badesul retornará ao nosso município, onde vai apresentar o documento finalizado e, juntamente com a comunidade, discutir as ações necessárias para concretizar os objetivos apontados.

A Secretária Municipal da Fazenda, Sônia Maria da Costa, destaca que é fundamental que o município tenha um plano que sirva de base para o desenvolvimento: ” o Planejamento Estratégico é uma técnica essencial para a boa gestão, pois aponta o rumo para que os administradores aproveitem novos espaços e evitem riscos, gerindo recursos com maior eficiência e efetividade e com qualificação no atendimento das demandas da sociedade”.

De acordo com o Prefeito Gerri Sawaris ” a participação popular é  fundamental para garantir o bom funcionamento da gestão pública e consolidar o desenvolvimento local. Neste sentido, queremos envolver toda a comunidade em um debate que aponte os rumos para o crescimento de Constantina em curto, médio e longo prazo, garantindo que os atuais e os futuros gestores do Município tenham como base de ação as estratégias  apontadas por setores representativos da sociedade”.

Fotos: A.I Câmara de Vereadores

Compartilhe