Realizado o Seminário de Lançamento das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde de Constantina

 

Na noite da última terça-feira, 26 de março, aconteceu no Centro Cultural José Rugeri o Seminário de Lançamento das PICS em Constantina.
As PICS, Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, são reconhecidas pelo SUS desde 2006 e vêm ganhando espaço como forma de tratamento e opção terapêutica, dando ênfase à atenção básica e humanização do atendimento.
O Vice-prefeito Municipal e Secretário da Saúde, Adroaldo Araújo, abriu o Seminário falando sobre políticas públicas e sobre a preocupação da administração em olhar para a saúde como um todo. O Prefeito Municipal, Gerri Sawaris, também ressaltou a importância da saúde na vida dos cidadãos, resgatando a relevância de conhecimentos tradicionais e também da universalização da saúde.
Segundo Alpheu Ferreira do Amaral, Servidor da Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul e Coordenador das PICS, Constantina inicia um movimento de vanguarda, e caminha a passos largos, pois já possui três projetos municipais dentro do programa das PICS.
O município, ainda em 2012, idealizou a prática de Yoga para a Rede Municipal de Educação e comunidade em geral, oferecendo aulas gratuitas. Com as atividades interrompidas dos anos 2013 a 2016, a atual Administração Municipal volta a apostar na prática, considerando sua inclusão na portaria do SUS.
Atualmente, o município oferece gratuitamente aulas de Yoga, e também possui profissionais capacitados para atendimentos de auriculoterapia e fitoterapia.
O seminário teve quatro painéis, sendo o primeiro e segundo mediados por Alpheu e Melanie Terra, ambos servidores da Secretária de Saúde do estado, que falaram sobre as PICS enquanto Políticas Públicas. No terceiro Painel, o terapeuta Ayurveda Guelle Juarez Ribeiro, falou um pouco sobre a medicina ayuverda e também a marmaterapia. Guelle também propôs exercícios de meditação e massagem de pontos específicos para os presentes. No quarto painel, a professora de Yoga Rosana Reginatto, falou sobre a prática como alternativa para pessoas hipertensas e também com diagnósticos de depressão e ansiedade.
No quarto e último painel, a Secretária da Saúde de Nova Boa Vista, Daiane Desingrini, falou da implantação da prática de Yoga e do elevado número de praticantes num município com menos de dois mil habitantes.
Cerca de 150 pessoas participaram do seminário.

Compartilhe