Município passa a orientar o uso de máscara por toda a população

O uso de máscaras por toda a população está sendo orientado por órgãos como a Organização Mundial de Saúde e também pelo Ministério de Saúde. O comitê Municipal de Enfrentamento e Prevenção ao COVID-19 apoia essa causa, e por isso incentiva a população para que produza ou adquira máscaras de pano.

Segundo o Ministério da Saúde, “O uso de máscaras caseiras passa a ser um fenômeno internacional no enfrentamento do COVID-19 visando minimizar o aumento de casos. As pesquisas têm apontado que a sua utilização impede a disseminação de gotículas expelidas do nariz ou da boca do usuário no ambiente, garantindo uma barreira física que vem auxiliando na mudança de comportamento da população e diminuição de casos”.

 

RECOMENDAÇÕES:

1 – Utilize máscaras caseiras quando estiver em contato com outras pessoas, especialmente, quando houver necessidade de deslocamento ou permanência em espaços onde há maior circulação, como mercados, farmácias, bancos e outros.

2 – Profissionais da saúde que estiverem em atendimento clínico, e cuidadores de pessoas com suspeita de Covid-19, devem utilizar máscara cirúrgica.

3 – Profissionais da saúde, durante procedimentos e cuidados que gerem aerossóis, devem usar máscara N95/PFF2.

4 – Pessoas com suspeita ou confirmação de Covid-19 devem ficar isoladas. No caso de saídas emergenciais de seu quarto ou quando estiverem em contato com outras pessoas, devem sempre utilizar máscara cirúrgica.

5 – Pessoas que tiverem contato próximo/domiciliar de pacientes com qualquer sintoma respiratório, devem ficar restritas em suas casas. Em saídas emergenciais, utilizar sempre máscara cirúrgica.

6 – Além do uso de máscaras, higienize constantemente suas mãos e superfícies de contato, pratique a etiqueta da tosse e o distanciamento social.

  • Atenção: devido à escassez mundial de máscaras cirúrgicas e N95/PFF2, e à necessidade de garantir a continuidade do trabalho dos profissionais de saúde, a população em geral NÃO deve utilizar estes tipos de máscaras.

Recomendações sobre o uso das máscaras caseiras:

– Utilize o tecido duplo para confeccionar a sua máscara;

– A máscara caseira é de uso individual, portanto, não compartilhe sua máscara com ninguém;

– Quando colocar a máscara, tenha atenção e cuidado para cobrir a boca e nariz e amarre com segurança para minimizar os espaços entre o rosto e a máscara;

– Enquanto estiver usando a sua máscara evite tocá-la ou ajustá-la, assim como, evite tocar no seu rosto como um todo;

– A máscara deve ser trocada após 2 horas de uso ou quando estiver suja ou úmida;

– Ao chegar em casa, lave as mãos com água e sabão, secando-as bem, antes de retirar a máscara;

– Retire a máscara desatando o nó da parte traseira ou o elástico lateral. Não se deve tocar na parte da frente.

Recomendações para a higienização das máscaras caseiras:

1-Faça a imersão da máscara em recipiente com água potável e água sanitária (2,0 a 2,5%) por 30 minutos. A proporção de diluição a ser utilizada é de 1 parte de água sanitária para 50 partes de água (Por exemplo: 10 ml de água sanitária para 500ml de água potável). Após o tempo de imersão, realizar o enxágue em água corrente e lavar com água e sabão;

2- Após lavar a máscara, a pessoa deve higienizar as mãos com água e sabão;

3- A máscara deve estar seca para sua reutilização;

4- Após secagem da máscara, passe sua a máscara com ferro quente e acondicione em saco plástico;

Descartar a máscara sempre que apresentar sinais de deterioração ou funcionalidade comprometida.

Confira a nota técnica do Ministério da Saúde.

Minist–rio-da-Sa–de—Nota-t–cnica-sobre-uso-de-m–scara-caseiras

Compartilhe