LIVRO ESCRITO POR CRIANÇAS DE CONSTANTINA É LANÇADO NO DIA DA LEITURA

“Não existem sonhos impossíveis para aqueles que realmente acreditam que o poder realizador reside no interior de cada ser humano, sempre que alguém descobre esse poder, algo antes considerado impossível se torna realidade”. É com esta frase, de autoria do cientista e pensador Albert Einstein, que iniciamos a leitura do livro “Crianças Constantinenses Escrevendo Histórias”, lançado na última sexta-feira (06 de abril de 2018), em uma belíssima solenidade realizada no Centro Cultural de Constantina.

O Projeto “Crianças Constantinenses Escrevendo Histórias” é uma iniciativa da Administração Municipal de Constantina e teve início no mês de abril de 2017, durante as comemorações dos 58 anos do município. O projeto, que envolveu centenas de crianças do 1° ao 6° ano do Ensino Fundamental, familiares e professores, resultou na produção de uma obra literária que, com muita fantasia e imaginação, conta um pouco da história do nosso município. O livro é apresentado através de textos individuais e coletivos, frases e desenhos, que são de autoria dos próprios alunos.

O lançamento oficial do livro foi realizado no dia 06 de abril, primeira sexta-feira do mês, data em que comemoramos o Dia Da Leitura em Constantina, através de Lei Municipal sancionada em 2015.  Além da solenidade realizada no Centro Cultural, que contou com apresentações, pronunciamentos e a entrega dos livros para as crianças e professores, os alunos acompanharam as exposições que estão sendo realizadas na Casa da Cultura Professor Bia e participaram do Momento da Leitura na Praça Getúlio Vargas.

A Primeira-dama e professora Verônica Boemo Sawaris destaca que foi muito importante a participação de todas as escolas, municipais e estaduais, para concretizar a produção do livro: “tivemos uma ótima participação das direções e coordenações das escolas, professores, alunos e familiares na produção dos textos, que foram apresentados de forma individual ou coletiva, sendo que participaram da construção do livro o total de 638 crianças”. A Primeira-dama também parabenizou todas as crianças escritoras: “ficamos muito felizes com este trabalho, que contou com a participação de muitas pessoas da nossa comunidade, agradecemos a todos os envolvidos e parabenizamos as nossas crianças, que além de leitoras, agora são escritoras e deixaram seus nomes na história de Constantina”.

Para Érica Locatelli Pietrobelli, estudante da Escola Santa Terezinha e uma das autoras do livro, os alunos que participaram da construção dos textos procuraram retratar, com as melhores palavras, as belezas e a história do nosso município. Érica destaca que o projeto foi muito importante pois, além de incentivar que as crianças tenham mais contato com a leitura, as mesmas tiveram a oportunidade de escrever um livro, e isto vai ficar registrado na história de Constantina.

A educadora Cleci Farezin Guisolfi, que é professora da Escola Santa Terezinha e, juntamente com seus alunos e colegas, participou da elaboração do livro, fala sobre a importância de projetos como este: ” o projeto foi de fundamental importância pois permite que as nossas crianças expressem seus sentimentos através da escrita, que é uma das formas de comunicação. Enquanto professores, durante toda a elaboração da obra literária, podemos acompanhar e perceber o constante crescimento e a evolução do conhecimento dos nossos alunos, tanto na linguagem escrita como na história e na cultura do nosso povo. Além do conhecimento, conseguimos contribuir para resgatar alguns valores, formando cidadãos críticos e  conscientes, capazes de transformar a comunidade onde vivem”, concluí a professora.

Em seu pronunciamento, o Prefeito Gerri Sawaris ressaltou o significado deste projeto para o nosso município: ” a maior obra e o melhor investimento que podemos promover na nossa comunidade é na educação das crianças. Constantina está comemorando 59 anos e, através de várias mãos, estamos lançando um livro que vai ficar de legado para esta geração e para as gerações futuras. Nossas crianças e nossa comunidade estão escrevendo e fazendo história” afirma o prefeito.

Compartilhe