Alunas de Constantina idealizam o Projeto Árvores da Minha Vida

Não é novidade para ninguém que, em nosso planeta, cada vez mais, os recursos naturais estão se tornando escassos.

As ações de recuperação ambiental não conseguem acompanhar os acelerados níveis de consumo e de desmatamento.

Mas já imaginou se, no dia do seu aniversário, cada pessoa plantasse uma árvore e  cuidasse dela como cuida de sua própria vida? Com certeza viveríamos em mundo mais sustentável.

Pois, essa iniciativa surgiu de duas meninas de Constantina, a Ângela Grizotti Berti e a Estéfani Piran Comin, que são alunas da rede municipal de ensino e idealizaram o projeto “Árvores da Minha Vida”.

Após o surgimento da ideia, as meninas procuraram o Instituto Consciência Planetária (ICP), pedindo apoio para concretizar o projeto. A partir de então o ICP passou a ser patrono da causa, orientando e divulgando as ações, buscando envolver um número maior de pessoas da nossa comunidade.

O objetivo central do “Árvores da Minha Vida” é estimular as pessoas para que, em cada aniversário, plantem uma árvore e cuidem dela, o que vai contribuir com a recuperação e a preservação ambiental em nosso município.

“O plantio de árvores ajuda a melhorar a qualidade da água, do solo, do ar e, consequentemente, vai beneficiar todas as formas de vida”. Afirma a estudante Ângela Grizotti Berti.

Para a aluna Estéfani Piran Comin: “são as várias ações pequenas que, na maioria das vezes, fazem a diferença para o nosso planeta. Se cada pessoa fizer a sua parte poderemos demonstrar que um mundo sustentável é possível”.

A partir do mês de agosto, através de uma parceria entre o Instituto Consciência Planetária, Secretaria Municipal de Educação e Sindicato dos Trabalhadores Rurais, o projeto Árvores da Minha Vida será trabalhado com a E.M.E.F  Santa Terezinha e com a E.M.E.I Primeiros Passos, onde serão distribuídas mudas de árvores nativas para cada aluno, professor e funcionário, estimulando o despertar da consciência ambiental e gerando a preservação da vida e da natureza.

“As entregas serão mensais e todos os alunos, professores e funcionários das escolas, serão presenteados, no mês referente ao seu aniversário, com uma muda de árvore nativa. Queremos deixar gravada, no coração de cada constantinense, a mensagem de que todas as formas de vida devem ser respeitadas”. Destaca Emiliana Oro Brandão, que é coordenadora geral do Instituto Consciência Planetária.

A Administração Municipal de Constantina parabeniza todas as pessoas e entidades envolvidas nesta importante iniciativa, especialmente as estudantes Ângela e Estéfani.

Compartilhe